segunda-feira, 15 de outubro de 2018

                                                                              
                                   
                                     AS SAUNAS, OS BOYS E NÓS







RAINBOW, SUAVES IMPRESSÕES




Sempre que surge um novo estabelecimento de determinado segmento, os que ja trabalham com tal segmento, tendem a se preocupar com mais uma fatia do bolo, que vai ter que repassar pra alguém. Foi  isso que pensei, quando da inauguração da sauna da Frei Caneca: " Agora quero ver a Lagoa continuar cobrando seus absurdos 60 reais, para apenas termos acesso. 
ao me deparar com o enorme luminoso da Rainbow, pela primeira vez, olhei um pouco acima do meu nariz, geralmente ja empinado ( aloka) e notei um prédio que dava continuidade ao térreo que abriga o luminoso: vários andares. Para facilitar, podemos entrar pelos dois lados, tanto pela Freio Caneca quanto pela Peixoto Gomide. Assim o fiz. Entrei e trajando roupa preta, com um rádio comunicador na mão um porteiro me cumprimentou. Pedi informação, por ser a primeira vez ( a rodada fazendo a linha puritana). Me dissera que a entrada custava $60 ( na verdade, custa 35, o acesso a sauna) e tentou falar sobre a casa, o bar, os boys. Agradeci e este me levou até o elevador, com destino ao 7° andar. O botão do sétimo não funcionava, então, desci no oitavo e voltei de escada, enquando girava os degraus, imaginava que chegaria afobada em meio a um mar de boys, todos sedentos, se insinuando e oferecendo-se nas mesas das outras konas que lá já estariam.No 7°, na verdade, funciona a recepçao geral, o caixa. Dois atendentes estavam atrás do balcão e enquanto um me atendia, chegou um terceiro, que me guiou até a área de armários e me sanou outras dúvidas. Me disse que a sauna fica no 9º andar, me falou do janatr que seria servido, ( eu jamais jantaria na sauna) do show da Cris Tower, do Louge que fica na cobertura. Chego no andar da sauna enfim, e me deparo com um bom ambiente: Um bar espaçoso, com boa iluminação. Em raras das muitas mesas, alguns clientes conversavam em tom baixo. Meus olhos rápidos fizeram a conta e...5 Clientes e 4 Boys ( não pagáveis, ao menos por mim), desses, um beijava e acariciava discretamente um senhor. Ocupo uma mesa e um garçom atencioso me serve algo pra tomar, enquanto me familiarizo com o ambiente. Um olho no relógio e me dou conta que fui cedo, mas às 19:30 a Lagoa ta fervendo, a Fragata nem se fala. Confesso que resmunguei o motivo pelo qual a Lagoa samba na nossa cara há décadas: Querendo ou não, lá está sempre lotado, tanto de boys, quanto de clientes, na Fragata, idem. Algo de estranho tornava o lugar vazio. Talvez a recente inauguração, o desconhecimento pelo público, ou talvez o leitor Lilo tenha razão quando diz: "a comunidade é viciada em serviço ruim". Só isso justifica 4 boys e raros clientes num lugar tão bem estruturado e localizado. Eu não fiz uso de suítes, mas pelo que pude observar, são quartos novos e amplos, afinal, aquele edíficil é um hotel. Vontade de me hospedar!! A kona do 702!


Velhos truques

Ao me ver subir e descer as escadas de acesso armários - sauna,um boy novinho me segue e antes que eu me assustasse completamente, ele pergunta se eu estava perdido. Sem dar muita atenção, respondi negativamente e ele desistiu. Pouco tempo depois, chega outro e pergunta meu nome, puxando sem permissão, uma cadeira da minha mesa e senta-se. Se apresenta como modelo de agências e arranca um riso silencioso de dentro de mim: Que agência? falou um  nome que nem me recordo e nem sei se existe e começou a mexer no celualr e tentar me mostrar uma suposta proposta de trabalho. Mal sabia ele, que estava diante de uma bicha que estava ali, exatamente para analisar o ambiente e seus acontecimentos. Fui simpático sem dar liberdade e ele insistiu em falar das suas qualificações profissionais: Me senti a verdadeira cafetina, com o boy ali, dizendo que também trabalhava pra "agência Garotos.com" ( sic) e me questionando, se eu conhecia.
O site de michê?? Ah, claro...conheço, mas não lembro do seu perfil lá..vou olhar direito...
Para acabar com a tentativa dle de fazer programa com alguem que n]ão estava ali para tal, eu o alertei que tinha ido fazer sauna, apenas e tomar um suco! Levantou, se despediu e eu fui conhecer as saunas. Achei a sauna à seco, bem pequena e apertada, o ideal seria se lotasse a casa, assim, ia ficar aquele roça-roça de boys e clientes...o vapor, é ótimo. 
Recebi mais uma investida: dessa vez, um boy branquelo, roludo. Perguntou se eu estava ocupado. Fiz a demente e ele foi conversar com um coleguinha sobre trabalhar no RJ.

Cris Tower Show 

Saio da sauna, ainda com os peitos de fora, e cai na minha frente, esbaforido, o Felipe Leão. Enquanto eu o cumprimentava com um beijo naquela barba deliciosa, ele bem perdido, me perguntava onde ficava o camarim dos boys ( aloka, os boys tem camarim e eu aqui achando que é só isso? pensei)...
Pude notar uma cueca laranja com listras cinza à mostra naquela, bermuda revelando uma raba e umas pernas suculentas. Fui me vestir para ver o show.
Jardel começa chamar: Felipe Leão, Danilo Lopes, Lucas Litoral ( o garotomais do mundomais) Diego Moreno ( roludo), e outros que não sei o nome...
Os poucos clientes foram presenteados com a putaria que faltou ao longo da noite. Felipe e Danilo fizeram streep e pauzão, Victória Vipper fez duas performances e os demais boys fizeram a alegria da bicharada,. Boas brincadeiras, mão naquilo, aquilo na mão, tudo sem a luz pra atrapalhar. 
É nessa hora que rolam as propostas, a troca de número,onde entra em jogo o ato de agradar pra ser escolhido e levar o boy que não tem local pra passar a noite.  
Adoro o show da Cris porque com ela, o boy tem que fazer. Tem boy que fica cobrindo o pau com a mão, achando que tão ali pra fazer decoração, ela manda tirar na hora, Adoro!
Para finalizar: Senti um Déjàvu, uma espécie de Paradise sofisticado. Os preços populares, a proximidade dos funcionários com os clientes, todos ali envolvidos, você precisa de algo ou alguma dúvida, tem sempre alguém ali que você sabe que é da casa e que vai te auxiliar. Eles te agradecem por você estar ali e te convidam pra voltar. Eu torço para que dê certo. Faz apenas um mês que inauguraram, então, torço para que se fixe como mais uma opção, para nós que gostamos de saunas desse tipo e para os boys que precisam trabalhar.









Beijos de K:
Para vocês, leitores, em primeiríssimo lugar;

Para o  Jardel, muito simpático e sabe que cliente é cliente e boy é boy;

Para Cristiane Sousa, por sempre fazer um show babadeiro e colocar os boys a nossa disposição, aloka.


Por MK